domingo, 16 de março de 2014

Relacionamento e sexo.

Aí você conhece o cara, super bacana, super gente e na hora que a conversa entra no assunto sexo, descobre que ambos tem preferências parecidas. Em alguns casos, a conversa esfria ali mesmo.
Em outros, ambos tentam continuar tudo aqui na esperança de que possa dar certo, afinal o sexo é apenas uma parte da relação (na minha opinião uma parte importante mas não decisiva..ou será que estou errado?)
Já vi relacionamentos esfriarem porque o sexo não era tão bom, porque o parceiro curtia o mesmo que o outro (ambos se denominavam ativos ou ambos passivos). Dizem que o melhor mesmo é ser versátil pois dessa forma ambos se satisfazem e coisa caminha em paz ( ao menos no âmbito sexual).
Tenho poucas experiências no campo relacionamento. E por isso questiono: é possível dois caras que curtem as mesmas coisas na cama se relacionarem e serem felizes assim? Ou em determinado momento, um pode ir procurar fora da relação o que não encontra "em casa"?

Penso que, quando você encontra O Cara, o sexo vai ser um complemento. O que tiver de acontecer, vai acontecer e será bom para ambos. Se ambos estiverem de acordo, claro. Porém, ainda não coloquei esta forma de pensar em prática. Não tive O relacionamento ainda, para experimentar e ter certeza disso. Mas quero a palavra de vocês todos que estão namorando, que estão solteiros mas que já viveram isso.

Abração!

14 comentários:

  1. É, eu fiz bastante sexo, mas quase nada dentro de um relacionamento, não tenho ideia de como responder suas perguntas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até porque você se adapta a situação, não é mesmo Foxx? rs. Isso não seria problema. Abração.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Eu acho que pode dar muito certo sim! E sei que as vezes isso se resolve de forma natural, e acho um pouco mais, acho que nós fazemos "O relacionamento". Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por partilhar suas idéias comigo! Abração.

      Excluir
  4. é complexo e depende muito do nível de relacionamento, do nível de envolvimento, do afeto ... mas pode ser possível sim ... existe sempre a possibilidade de adaptação ... e sempre existem pequenas concessões das partes ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por expor sua sábia opinião, Bratz!

      Excluir
  5. Opinião minha: quando a conexão e o entrosamento são de verdade não é uma "manual" de papéis/condutas na cama que vai melar o lance. Tudo (e todos) se ajeitam. O prazer/tesão/gozo não vem pronto "de fábrica"... ele é construído junto com nosso eleito. Hehehehe! Hugzão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hum...boa resposta Fred!!! Abração.

      Excluir
    2. Gracias, guri!!! Hugzão!

      Excluir
  6. acho que um relacionamento assim não se sustenta, a não ser que seja de comum acordo buscar 'fora do relacionamento' aquilo que falta.

    ResponderExcluir
  7. A partir do momento que os dois estão a fim de cederem pelo relacionamento acho que não há problema nenhum. O problema é se apenas um ceder, aí acredito que fica difícil.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Por mais versátil que a pessoa seja, sempre haverá uma preferência, é impossível ser 50% ativo e passivo.
    Acho que sexo é fundamental em uma relação, é o combustível do amor, pois se um relacionamento não é baseado no sexo, se torna amizade.

    ResponderExcluir
  9. Quando for O CARA, mas O CARA mesmo, essas questões nem precisarão ser pensadas num primeiro momento, mas claro que com o tempo tudo pode mudar, tanto para melhor ou pior ...

    Abraço !

    ResponderExcluir

Partilhe comigo deste devanneio...