domingo, 5 de abril de 2015

Quantos centímetros?


Uns dizem: "Quanto maior, melhor!". Outros dizem que o que importa mesmo, é o desempenho. Aquelas frases clichês que, "mais vale um pequeno brincalhão que um grande bobão."
Na era dos aplicativos, de escolhas virtuais (em alguns casos), supervalorização de corpos sarados, bombados e bem cuidados, a questão sobre o tamanho do dito cujo, o Junior, o bilau, o brinquedo, o pau, o pênis, a vara, etc, etc (está parecendo até uma aula de Filologia que tive na faculdade kkkk) é algo que volta e meia surge nos papos de boteco, conversa entre amigos, e também é uma questão que muito aparece nos aplicativos: "quantos cm?", perguntam logo de cara.
Eu, sinceramente, não gosto de nada que me machuque. Odeio sentir qualquer tipo de dor. Ao primeiro sinal de uma dor de cabeça, já lanço mão do analgésico, quanto mais... Sim, neste sentido sou um fracote.
Em contrapartida, vejo pessoas bradarem aos quatro ventos que o homem que se diz ATIVO, tem que ter pau grande. Grosso. Se não for os dois, que seja um deles pelo menos: ou grande ou grosso.
Fato é que anteriormente, falando sobre sexo também aqui no blog, falamos sobre as preferências na cama, o ser ativo ou passivo. Alguns dos que comentaram disseram que na verdade o que importa é descobrir o prazer junto com o parceiro, e assim o prazer ser de ambos. Claro, há as preferências de cada um. Mas conheço pessoas que são taxativas em afirmar: "homem bom tem que ter pauzão". "Tamanho é sim documento". "Não dá pra ter prazer com um cara de pinto pequeno."
Já conheci um cara que dizia isso, que gostava de pau grande, e na hora do sexo, se o cara não tinha o que ele queria, ele pedia pra colocar os dedos. E quanto mais dedos, melhor. Gente, mas como assim?
Enfim, eu penso bastante sobre tudo, e ás vezes me pego questionando esses "dogmas" da sociedade.
Em matéria recente publicada no G1, uma revista especializada em Urologia divulgou um estudo afirmando que, após pesquisa com 15 mil homens, "o comprimento médio de um pênis ereto é de 13, 12 centímetros", ao que maioria dos homens deve ter virado o rosto ao ler.
Quero saber o que vocês acham sobre o assunto...

Abraços, queridos.



10 comentários:

  1. Otimo texto! muito divertido... acho que sem dúvida os grandes, maludos, são mais fotogênicos, mas acredtio mesmo que a mágica é mais importante que a varinha! rsrsr

    ResponderExcluir
  2. Ainda há alguns loucos que adoram dotados, e alguns iludidos que se acham dotados...rs
    Eu to fora.... não curto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ro, eu também não curto. Mas já se envolveu com alguém não tão apanhado?

      Excluir
    2. Na realidade, nunca fui de reparar, de ter noção de cm e tal. Sempre levei em questão aparência física, pegada, enfim.
      Mas óbvio que algo fora do comum, pelo menos me brocha, nao curto.

      Excluir
  3. Rs* a forma que você colocou o assunto foi OTEEMA, OLHA ME JULGUEM mas, eu gosto de coisa grande e grossa,e que me cause pânico, me cause tremor nas pernas, me entende? Não me venha com mixaria que não é comigo!

    Gossip of Men.
    http://gossipofmen.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Preferências não é msm. Eu até gosto de desafios, mas alguns eu não topo. Kkkk

      Excluir
  4. Tem quem prefere um pequeno brincalhão do que um grande bobão... rs

    Abraços

    Alê
    http://nossoconfessionariopublico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahahaha. Pois é Alê! Divergências! Volte mais vezes. Grande abraço

      Excluir

Partilhe comigo deste devanneio...